terça-feira, novembro 27, 2007

O desejo da emoção


No Outono as folhas dançam
É o vento quem marca o ritmo do seu bailar,
Frio, por agora não sinto,
Mas prospera cada vez que estás fora do horizonte do meu olhar!
Vou sentir a abstinência do teu calor
E logo agora que a nossa Primavera germinou!
Que o sol triunfe nas efemérides do amor.

Autoria: Lúcio Balula Júnior

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home